Bem-vindo ao blog do Tiny

Prepare a gestão de sua empresa para a Black Friday 2020

Prepare a gestão de sua empresa para a Black Friday 2020

26.10.2020 por Daniela Borsoi em Black Friday

A Black Friday está chegando. Preparamos um conteúdo especial e mais algumas surpresas para você aproveitar.

O dia da Black Friday é muito esperado pelos lojistas e também pelos consumidores, fazendo da data um importante período de vendas. Além de aproveitar para vender produtos que estão com baixo giro de estoque ou encalhados e conquistar novos clientes, o incremento nas vendas gera fôlego extra no caixa do negócio para o preparo das vendas de Natal. 

Quais são as expectativas de sua empresa para esse ano? Uma pesquisa do Méliuz divulgada pelo E-commerce Brasil aponta que 72% dos brasileiros pretendem fazer compras na Black Friday 2020, e destes, 58% preferem comprar online.

Para que a Black Friday de sua empresa seja um sucesso, o Tiny preparou diversos conteúdos e presentes para você.

Vamos oferecer lives entre os dias 04 e 27 de novembro no Instagram do Tiny. Você vai aprender com especialistas do e-commerce brasileiro e poderá aplicar os conhecimentos em sua operação.

Confira a programação de lives

A Black Friday Tiny ERP não acaba por aí. Nossos parceiros estão oferecendo diversos benefícios para os usuários do ERP. São boas oportunidades para ampliar seu negócio e alavancar as vendas.

Confira os benefícios

Além disso, para que você possa aproveitar esse momento e aumentar as vendas do seu negócio, preparamos esse conteúdo com boas dicas para colocar em prática na sua operação. Boa leitura!

Pense na sua estratégia de vendas

Pelo fato de grande parte das pessoas buscarem as compras online, vale a pena pensar em toda a estratégia de vendas, desde quais produtos anunciar até como serão entregues as mercadorias aos clientes. É preciso ter uma boa estratégia para que a Black Friday seja saudável aos negócios. 

Existe esse desafio, mas separamos algumas dicas para que você possa se organizar a Black Friday nos canais de venda em que atua.

Faça uma conferência de estoques

Um dos primeiros passos é saber exatamente quais são os produtos que a empresa tem em estoque e as quantidades disponíveis. É importante ter precisão dessa informação para que nada seja anunciado sem estoques para envio. 

Já imaginou oferecer um super desconto em uma televisão, vender e, na hora de separar o pedido do cliente, o produto não está no estoque? É uma situação que compromete toda a experiência de compra. Se essa foi a primeira compra do cliente na loja, ele pode nunca mais voltar. Além de oferecer bons preços, é preciso oferecer o que realmente está disponível em estoque. 

Dica do Tiny:

O módulo de estoques no Tiny permite apurar os reais saldos de produtos e realizar alterações nas quantidades disponíveis em estoque. Se utilizar a função de inventário, é possível fazer recontagem/validação de saldos de estoque em lote, que são sincronizados de forma automática com todos os canais de venda integrados.

Escolha os produtos para anunciar na Black Friday

Saber quais produtos serão vendidos com descontos também é importante, e cada empresa precisa montar sua própria estratégia de catálogo. 

Se a empresa vende produtos com data de validade, por exemplo, uma boa ideia é oferecer bons descontos para produtos com validade próxima. Neste caso, é preciso deixar clara a validade dos produtos no anúncio, para que o cliente tenha acesso à essa informação antes de realizar a compra. 

No Tiny é possível controlar o lote e a validade dos produtos, facilitando a escolha dos itens para anunciar com desconto. No Controle de Estoques, os lotes e validades dos itens são listados para que você tenha total controle de quantas unidades estão disponíveis no estoque.

Além de anunciar os produtos com validade próxima a preços atrativos, é recomendado escolher produtos que estão com baixo giro ou que estão encalhados no estoque. Afinal, não vale a pena oferecer grandes descontos em produtos que já vendem normalmente, certo?

Para identificar esses produtos, o Tiny ofereceo Giro de Estoque, um módulo que indica quais produtos estão com baixo giro ou encalhados, com base nas vendas realizadas e no saldo de itens no estoque em determinado período.

Defina os canais de venda

Agora que você sabe quais produtos quer vender com desconto na Black Friday, é hora de pensar onde deseja anunciar as promoções.

Na loja virtual própria, a empresa tem total liberdade para mudar o layout e entrar no clima de Black Friday. Além disso, quem dita as regras de preços e fretes é a própria empresa, isso permite explorar suas estratégia de vendas com mais autonomia.

Nos marketplaces, a história é um pouco diferente. Conforme o canal de venda escolhido, existem regras diferentes para informar quais serão os descontos oferecidos em cada produto. Alguns marketplaces limitam o prazo para fazer alterações de preços, por exemplo. Informe-se a respeito de como cada canal de venda vai trabalhar na Black Friday para que sua estratégia não seja prejudicada.  

Se o seu negócio possui lojas físicas, elas também podem entrar na sua estratégia de Black Friday. Faz muito sentido que ela esteja alinhada com a comunicação (através da vitrine, por exemplo) e estratégia comercial que estão sendo aplicadas nos canais de venda online. Outro ponto importante é treinar a equipe para que todos saibam os argumentos da campanha que estão atraindo os clientes até a loja.

Google Shopping

Durante a Black Friday é preciso destacar os anúncios de sua empresa em meio a concorrência. Além de um cadastro de produto completo para evitar dúvidas, e um preço atrativo, anunciar no Google Shopping pode ser uma boa estratégia.

Com o Google Shopping, seu anúncio é listado no topo das pesquisas do Google, para que os consumidores encontrem facilmente suas ofertas.

Se você tem uma loja virtual própria, o Tiny pode te ajudar com a ferramenta de Google Shopping. Com ela, você envia os produtos para o Google Shopping e cria as campanhas para aparecer no Google, aumentando as chances de venda. Ainda poderá acompanhar os resultados e editar as campanhas conforme necessário. 

Defina os preços

Outro passo importante para vender na Black Friday é saber quanto de desconto oferecer em cada produto. Pensar no preço promocional é olhar para a margem de lucro e entender que descontos ou benefícios adicionais pode oferecer para atrair clientes sem ter prejuízo e manter a operação comercial saudável.

Dica:

Para produtos que já tem boa saída no restante do ano, ofereça descontos menores, como 10%. Em produtos que deseja liquidar ou os que têm uma maior margem de lucro, explore descontos maiores, como 50%.

Para descobrir qual é o lucro da venda do produto, basta diminuir do preço de venda os custos e despesas que envolvem a comercialização dele. Depois, divida o lucro pelo preço de venda e multiplique por 100 para ter o percentual.

Exemplo:

Preço de venda: R$ 1.000,00
Custos e despesas: R$ 250,00
Lucro: R$ 1.000 – R$ 250 = R$ 750
Margem de lucro: R$ 750,00/ 1.000= 0,75 x 100= 75%

No caso deste produto, a empresa ainda pode baixar o preço e manter uma margem de lucro, mesmo que menor, mas é importante que a margem seja suficiente para cobrir os custos do produto.

Levando em consideração o mesmo exemplo, se a empresa oferecer 40% de desconto e vender o produto a R$ 600,00, ainda vai conseguir obter 35% de margem de lucro, ou seja, não terá prejuízo com a venda.

Mesmo optando por diminuir a margem de lucro na Black Friday, você transforma os produtos parados no estoque em dinheiro, trazendo liquidez para sua operação e ainda aumenta as chances de atrair novos clientes com potencial de outras compras no futuro.

Estratégia de frete

É preciso traçar estratégias de frete para que este não se torne um empecilho nas vendas. Já imaginou anunciar um produto a R$ 30,00 na promoção e o frete custar R$ 40,00 para o cliente? Ele pode desistir de comprar se encontrar outras ofertas melhores. 

Por isso, não deixe de negociar com seus parceiros logísticos para conseguir melhores opções de frete, tanto em prazo de entrega como em preço. Lembre também que a agilidade e a qualidade na entrega são fatores determinantes na experiência de compra de um cliente e que se essa experiência for positiva, as chances dele voltar a comprar com você aumentam.

Analise a possibilidade de realizar entregas expressas. Comprar online gera ansiedade para o recebimento dos produtos, e segundo uma pesquisa da PwC, 64% dos consumidores pagariam mais caro pelo frete, desde que o produto chegue em menos tempo.

Além disso, busque oferecer frete grátis para compras acima de determinado valor. Essa é uma forma de estimular o cliente a comprar mais, aumentando o ticket médio das vendas.

Concluindo

A Black Friday é um ótimo momento para aumentar as vendas, mas lembre que manter as quantidades disponíveis de cada produto atualizadas é fundamental para uma boa operação. Escolher os canais de venda de acordo com o seu negócio e definir os preços estrategicamente, também fazem parte de uma campanha de sucesso.