Bem-vindo ao blog do Tiny

Como aumentar o tráfego orgânico da loja virtual em 4 passos

Como aumentar o tráfego orgânico da loja virtual em 4 passos

11.05.2021 por Laika em E-Commerce

Aprenda a trazer leads para a sua loja virtual de forma orgânica para converter mais vendas.

As estratégias de atração de novos clientes para sua loja virtual não podem se restringir a anúncios pagos. Por isso, aprender como aumentar o tráfego orgânico nas suas páginas é fundamental para conseguir resultados, mesmo sem pagar para aparecer nas buscas.

O tráfego orgânico é aquele gerado sem a contratação de anúncios ou estratégias de captação pagas. Assim, a pessoa chega ao seu site por meio de pesquisas em buscadores como o Google. O cliente insere as palavras no buscador e o sistema oferece uma lista de sugestões.

Essa lista de sugestões tem uma ordem definida por uma série de fatores, criadas pelos sites de busca para oferecer a melhor resposta possível e que atenda a solicitação do usuário. Assim, quando falamos em otimizar seu e-commerce para o tráfego orgânico, estamos falando de aplicar princípios que trabalhem com as regras de otimização de busca em todas as páginas do negócio.

O tráfego orgânico é uma estratégia de longo prazo. As regras e algoritmos (códigos de programação dos mecanismos de busca) mudam com o tempo, mas sua empresa pode padronizar os dados e sistemas para atender aos principais requisitos vigentes, melhorando o posicionamento nas buscas. Conheça 4 passos que ajudam nesse processo a seguir.

1. Domine o SEO

Para quem quer vender online, dominar o SEO é muito importante. Trata-se da sigla para Search Engine Optimization, que significa otimização para motores de busca.

Um motor de busca é qualquer sistema em que o usuário insere informações de texto, imagens ou links, para obter uma lista de resultados correspondente. Eles são programados para identificar o que o usuário quer saber, qual página deseja visitar, se quer comprar algo, dentre outras intenções de busca.

Assim, para que sua loja virtual tenha bons resultados para as buscas feitas por clientes, precisa otimizar os campos de SEO no site e nos anúncios de produtos. Se o cliente não conseguir encontrar seu produto quando faz buscas, ou se sua empresa aparece em posições muito baixas da lista, este é um grande sinal de que há melhorias que precisam ser feitas.

Inclua o SEO no planejamento estratégico de seu e-commerce. Se quiser entender o básico para saber como aumentar o tráfego orgânico em suas páginas, estude os critérios usados pelo Google para inserir os sites em sua primeira página de resultados. As principais formas de usar SEO em sua página são:

  • palavras-chave: invista nas palavras certas para conduzir os clientes para sua página. Utilize as palavra-chave em seu conteúdo para aumentar as chances de se destacar nas buscas;
  • meta description: Para aumentar as chances de o consumidor clicar em seu resultado no Google, você pode usar a descrição do conteúdo da página, ou meta description. As informações aparecem nos resultados do Google, logo abaixo do título;
  • heading tags: O Google valoriza conteúdo bem organizado e com hierarquia lógica. Por isso, ao fazer as postagens, observe as regras de título (H1), e subtítulos (H2, H3 e assim por diante) para uma otimização de SEO e também para uma navegação mais intuitiva;
  • não duplique ou copie conteúdo: o seu conteúdo precisa ser original, sem duplicações ou cópias (mesmo que de outras páginas de sua empresa). O algoritmo dos motores de busca tende a ignorar resultados duplicados e textos recorrentes, por entender que são irrelevantes para a busca de forma geral. Produza conteúdo para seu site partindo do zero.

2. Entenda as palavras-chave

As palavras usadas para uma busca e a exatidão de correspondência com seus produtos são elementos muito importantes para a geração de tráfego orgânico. Escolher boas palavras-chave, que tenham a ver com o que o cliente pesquisa, é imprescindível para conseguir boas posições nas buscas.

Então, para dominar como aumentar o tráfego orgânico, você precisa ter clareza quanto às palavras-chave que seus clientes usam para buscar seus produtos.

Para descobrir boas palavras-chave para seus produtos, comece imaginando o que seu cliente buscaria no Google e faça o teste. Insira os termos no buscador e veja os resultados, focando nas melhores posições.

Algumas ferramentas são úteis para aprimorar suas palavras-chave e construir tráfego orgânico em suas páginas:

  • Google Search Console: permite analisar quais são as palavras-chave que já levam tráfego para suas páginas;
  • Google Trends: apresenta as tendências de buscas, por período e região;
  • Keyword Tool: faz sugestões de palavras-chave correlatas aos termos inseridos na busca;
  • SemRush: faz análises de palavras-chave, pesquisas em domínio e análise dos concorrentes;
  • Planejador de palavras-chave do Google: mostra as buscas relacionadas, quanto custaria para ter destaque com as palavras-chave em anúncio e o volume de buscas para cada termo.

Outro aspecto importante para as palavras-chave é entender o que é uma palavra head tail (cauda curta) e uma palavra long tail (cauda longa):

  • head tail: são buscas abrangentes, genéricas e que indicam que o usuário está interessado em variedade de informações. Costumam ter um alto volume de buscas e são boas para uma estratégia inicial de atração, quando o cliente ainda não está decidido sobre a compra. Por exemplo: “camisa esportiva”;
  • long tail: são termos de buscas muito específicos, com baixo volume de pesquisas e que indicam que a pessoa sabe exatamente o que quer encontrar. Essas palavras-chave são muito úteis para conseguir clientes decididos, mas não trazem muito tráfego. Por isso, devem ser combinadas aos termos head tail para compor a estratégia de tráfego orgânico de seu e-commerce. Um exemplo de palavra-chave long tail seria “camisa esportiva branca de manga curta”.

 3. Analise seus concorrentes

Faça uma pesquisa no Google e veja como as empresas do mesmo segmento se destacam nas buscas. Acesse os sites, leia os anúncios e colete as informações que parecem relevantes para sua estratégia.

Fazer comparações e adotar as estratégias que funcionam não é o mesmo que copiar os conteúdos produzidos pela concorrência. Conteúdos copiados serão identificados pelos motores de buscas, fazendo com que suas páginas sejam penalizadas ou catalogadas como irrelevantes, ficando de fora das melhores posições nas buscas.

Você pode adotar palavras-chave semelhantes, pensar em incluir mais fotografias em seus anúncios, enriquecer o conteúdo com vídeos e verificar se, com essas novas estratégias, sua empresa consegue resultados melhores. Se inspirar na concorrência, se feito de forma ética, não tem problema algum.

4. Invista em boas descrições

A descrição dos produtos é um elemento fundamental para quem quer aumentar o tráfego orgânico no e-commerce. Invista em uma explicação simples sobre o produto para que seja colocado na Meta Description, que estimule o interesse da pessoa em clicar em seu conteúdo para saber mais. Essa descrição resumida auxiliará sua página a conquistar novos visitantes.

Depois que o cliente acessa sua página, deve obter informações detalhadas sobre os produtos, formas de uso, tabela nutricional, condições de pagamento e frete, para que não tenha dúvidas e feche a compra.

Conclusão

Entender como funcionam os sistemas de busca e o ranqueamento de resultados na internet é muito importante para que seu e-commerce aplique técnicas para ter maior destaque. Se sua empresa não quiser ficar dependente de anúncios, adotar estratégias para trazer visitantes de forma orgânica é uma alternativa relevante.

As informações para otimizar sua estratégia de SEO são muito importantes, mas devem andar em conjunto com as demais técnicas de conversão utilizadas por sua empresa. Pense na comunicação da marca, redes sociais e claro, tenha um atendimento exemplar para conquistar os clientes após atraí-los de forma orgânica.

Uma solução para tornar as otimizações para SEO mais simples, é o uso do Tiny ERP. O Tiny conta com campos de SEO dentro do cadastro dos produtos, que podem ser preenchidos, migrados de plataformas e transferidos para vários canais de venda, agilizando o trabalho da equipe que entendeu como aumentar o tráfego orgânico na loja virtual. Aproveite, crie sua conta grátis e experimente.