Bem vindo ao blog do Tiny

5 dicas para enviar encomendas pelos Correios

5 dicas para enviar encomendas pelos Correios

07.02.2019 por Daniela Borsoi em E-Commerce

Saiba qual a forma correta de enviar encomendas através dos Correios para que elas cheguem até o destinatário sem problemas.

Enviar encomendas aos clientes utilizando o serviço dos Correios necessita de um conjunto de informações que identificam os objetos e os conduzem desde a postagem até o momento da entrega.

O endereçamento e a utilização correta de etiquetas de postagem têm grande impacto no prazo das entregas, visto que informações incorretas não permitem ao carteiro encontrar o destinatário.

O centro de distribuição dos Correios é automatizado, então as encomendas passam por uma triagem e são separadas conforme a localidade da entrega. Os Correios fornecem algumas dicas de como enviar encomendas de forma correta:

1. Mantenha um padrão

Recomenda-se que para enviar encomendas, sejam utilizados os formatos padrão de endereçamento e de rótulos que contenham código de barras para facilitar a identificação e as informações adicionais.

No próprio painel dos Correios, há ferramentas que permitem a geração de rótulos para endereçamento que estão de acordo com o padrão recomendado. Escolha a que for mais conveniente:

  • Endereçador Web

Gera e imprime rótulos de endereçamento, avisos de recebimento e outros formulários. Ideal para pessoas que não têm uma alta frequência de postagem.

  • Endereçador Escritório

Gera lotes de etiquetas e é recomendado para pessoas que têm frequência alta de envios. É possível salvar dados de destinatário que envia encomendas para que possam ser utilizados novamente.

  • Aplicativo SIGEP WEB

Aplicativo para quem possui contrato com os Correios. Gera lotes de etiquetas e também permite o gerenciamento da pré-postagem, a fim de solicitar códigos de rastreamento e montar listas de postagem. O aplicativo é muito utilizado por empresas de e-commerce e pode ser configurado no Tiny. 

Configurar SIGEP WEB no Tiny ERP

  • Correios Web Services

Para empresas que possuem grande volume de encomendas, visto que poderá realizar o gerenciamento das mesmas. Além dos serviços básicos, ainda conta com automatização dos processos na pré-postagem, acompanhamento da encomenda e pós-venda.

2. Endereço de entrega

São as informações que indicam onde o objeto deve ser entregue. Ao enviar encomendas, é preciso conter as seguintes informações:

  • Destinatário ou remetente

Identificação de quem enviou e de quem vai receber a encomenda. Para pessoa física deve-se preencher o nome completo e para jurídica, o nome fantasia da empresa. Esta informação deve estar logo abaixo da palavra destinatário ou remetente.

  • Tipo do logradouro + Nome do Logradouro + Número.

Informa de forma específica onde o objeto deve ser entregue. Temos como exemplo de tipo de logradouro a rua, avenida, setor, vila, estação, e outros. O Logradouro o nome oficial do local. No exemplo, “Avenida” é o tipo e “das Orquídeas” é o nome. O número identifica a qual imóvel será entregue a encomenda.

  • Complemento (se houver) + Bairro

Alguns endereços precisam de complemento, como o número do apartamento, da sala, ou demais informações relevantes. O bairro é a divisão geográfica das cidades.

  • CEP + Nome da Localidade + Sigla da Unidade da Federação

O CEP é um código de 8 dígitos que identifica as localidades, o que agiliza o encaminhamento. Não coloque a sigla CEP na frente do número, não insira pontos entre os números e nem sublinhe. O nome da localidade se refere a cidade ou município e a sigla da unidade federativa corresponde ao estado correspondente. Exemplo:

Remetente
Empresa ABCD
Avenida das Orquídeas, 45
Setor 4, Botafogo
00000-000, São Paulo/SP

Destinatário
José da Silva
Rua das Flores, 37
Apartamento 203, Centro
00000-000, Porto Alegre/RS

3. Código de barras e informações adicionais

Além de informações corretas no endereçamento, é recomendada a utilização de elementos visuais para que a identificação dos objetos seja facilitada:

  • Código Data Matrix

Código que contém as informações relacionadas às encomendas, a fim de automatizar alguns dos processos de entrega.  

  • Símbolo de encaminhamento

Símbolos que representam os serviços de envio. Identificam de forma visual como a encomenda será enviada.

  • Informações da encomenda e do contratante

As informações também precisam aparecer de forma textual, como número do contrato com os Correios, número da nota fiscal, número do pedido, peso e quantidade de volumes.

  • Código de rastreamento

Número que identifica as encomendas. É composto de 13 dígitos, sendo 2 letras para identificar o serviço + 9 números + Sigla do país de origem. Exemplo: SL123456789BR.

  • Siglas dos serviços adicionais contratados

Os rótulos de endereçamento devem conter as siglas dos serviços contratados, sendo elas AR (Aviso de Recebimento), MP (Mão Própria), DD (Devolução de Documentos) e VD (Valor Declarado).

  • Formulário para registro dos dados do recebedor

Os Correios recomendam que as etiquetas tenham campos para identificação do recebedor, que deve preencher no momento da entrega. São eles: Recebedor, assinatura e documento.

  • Endereços do destinatário e do remetente 

Os endereços precisam estar corretos para que não hajam problemas na hora da entrega.

  • CEP do destinatário em código de barras

Permite que a encomenda seja encaminhada de forma automática.

4. Modelos de rótulo

Recomenda-se utilizar os padrões dos Correios para o rótulo nas encomendas. Independente do modelo utilizado, ele deve ser colocado em um canto, na área com maior dimensão da caixa e no sentido da maior face. Evite colocar a etiqueta no centro da embalagem.

  • Endereçamento manuscrito

Etiquetas recomendadas para pessoas físicas. São autocolantes e contém todos os campos que devem ser preenchidos para que a entrega seja realizada.

  • Endereçamento automatizado

Recomenda-se a utilização dos padrões dos Correios, e a resolução das etiquetas deve ser de, no mínimo, 300dpi, sem utilizar economia de tonner ou rascunho, a fim de manter a qualidade e evitar problemas de leitura. Caso imprimir em folha comum não colante e utilizar fita adesiva, não cole por cima do código de barras ou do código data matrix, pois pode comprometer a leitura das informações.

5. Embalagem e acondicionamento

Assim como o endereçamento correto, é importante enviar os produtos de forma adequada, para evitar avarias durante o transporte.

As embalagens devem ser resistentes e o conteúdo precisa estar devidamente acomodado, para que haja segurança durante o envio.

Impressão de etiquetas no Tiny ERP

O processo de envio de encomendas pode ser mais simples se sua empresa utilizar um sistema que gere as etiquetas de envio, como o Tiny ERP.

Após criar uma conta no Tiny, poderá realizar a integração com os Correios e otimizar os processos. Desta forma o envio de encomendas se torna mais simples, e o processo otimizado faz com que os produtos cheguem mais rápido nas mãos dos clientes.

Integração entre Tiny e Correios

O módulo de expedição permite o gerenciamento dos pedidos que serão enviados, sendo eles por transportadora ou Correios. Cada expedição pode conter um grupo de pedidos, a fim de formar a PLP.

A integração permite diversas funcionalidades, como cotação de fretes e prazos, tipos de embalagem, geração de PLP, impressão da etiqueta de envio e código de rastreamento. A etiqueta de envio está disponível dentro das exigências dos Correios, portanto você não precisa se preocupar com isso.

Para imprimir as etiquetas de envio, basta gerar uma expedição escolhendo os Correios como forma de envio. Ao concluir a PLP, são exibidos os dados da postagem e os objetos presentes na lista. Com a PLP finalizada, poderá imprimir a mesma e as etiquetas de envio.

Agora é só seguir as dicas deste post e enviar as encomendas via Correio da forma mais correta.