Bem-vindo ao blog do Tiny

Saiba a diferença entre ERP e Hub de integração

Saiba a diferença entre ERP e Hub de integração

28.12.2021 por Laika em E-Commerce

Os conceitos de ERP e Hub de integração podem gerar confusão para o vendedor. Entenda a diferença e quando usar cada um deles.

Atualmente, para se ter um negócio online, é preciso investir recursos em ferramentas que possam otimizar processos e promover uma boa gestão, por exemplo, ERP e Hub de integração. Mas para usá-las, é importante conhecê-las para entender suas funções e determinar quais são necessárias. 

No post a seguir, confira o que é um ERP e quais as funcionalidades de um Hub. Além disso, descubra se há diferença entre eles e por que é importante investir nessas ferramentas. Boa leitura.

O que é ERP e para que é utilizado?

ERP é a abreviação para Enterprise Resource Planning, ou seja, Planejamento de Recursos Empresariais. De forma geral, esse software permite a integração de diferentes dados e setores de uma empresa. 

Dessa forma, ele ajuda a automatizar processos operacionais e produtivos, resultando em uma rotina de trabalho otimizada e, consequentemente, no gerenciamento mais eficiente da organização. Com ele, é possível: 

  • integrar com plataformas de e-commerce e marketplaces;
  • controlar estoques;
  • cadastrar clientes;
  • centralizar as vendas;
  • emitir boletos;
  • emitir notas fiscais; 
  • gerenciar as contas a pagar e a receber; 
  • realizar operações de logística; 
  • gerar relatórios para fazer análises. 

Qual é a função de um Hub de integração? 

Para quem quer vender online, é comum optar pela criação de anúncios em marketplaces. Essas plataformas permitem a publicação e venda de produtos sem que o vendedor tenha a necessidade de criar uma loja virtual. Ao vender em marketplaces é possível aproveitar algumas vantagens como: 

  • estrutura e recursos prontos para uso; 
  • popularidade do marketplace gera confiança na hora da compra; 
  • vitrine virtual aguardando seus produtos para serem vendidos;
  • automatização de processos de logística e benefícios de frete;
  • facilidade de venda para o consumidor. 

Para atuar de forma mais fácil nos marketplaces, o lojista pode utilizar um hub de integração. O hub é um sistema cujo foco é otimizar as operações e o gerenciamento dos anúncios e vendas feitos em um ou mais marketplaces

Também automatizando processos, o hub reúne em um só lugar todas as informações de cada marketplace, para que o gerenciamento seja mais fácil. Com ele, é possível realizar funções básicas, como gerar etiquetas de envio, até procedimentos mais complexos, como criar relatórios de vendas e controle de estoque. Por isso, alguns benefícios dessa integração são: 

  • conexão facilitada entre a empresa e o marketplace; 
  • economia de tempo e otimização de processos;
  • acompanhamento das etapas de cada venda; 
  • cumprimento de requisitos específicos de cada marketplace; 
  • estimativa de frete na plataforma. 

Existe diferença entre ERP e Hub de integração? 

Apesar de parecidos, o ERP e o Hub de integração são diferentes e precisam ser analisados antes da contratação efetiva do serviço.

O Hub conta com mais funcionalidades quando se considera sua conexão com diferentes marketplaces. Ele não tem acesso a todos os dados da empresa, nem pode realizar processos operacionais de sua rotina, como gerenciamento financeiro ou emissão de notas fiscais, portanto necessita de um ERP para estas rotinas. O uso de um Hub é indicado para quem precisa administrar as vendas nos marketplaces, mas não tem tanta experiência no assunto.

Já o ERP pode ter funções de hub, mas com algo a mais referente a gestão. Ele pode ser conectado a um ou mais marketplaces para criar os anúncios dos produtos, receber as vendas de forma centralizada, controlar os estoques, emitir as notas fiscais e despachar as encomendas para os clientes. Porém, necessita de configurações específicas na integração de cada marketplace para poder cumprir os requisitos e permitir a criação de anúncios. Assim, é indicado para quem tem mais experiência com venda em múltiplos canais.

Ainda, o ERP pode não se conectar a todos os marketplaces que o lojista deseja vender  e neste caso, o Hub resolve o problema.

Por que é interessante ter ERP e Hub de integração? 

Como visto, cada sistema pode ter diferentes funções ou atuar melhor em cada especificidade. Porém, ao trabalharem juntos, é possível aproveitar mais benefícios. Confira alguns deles a seguir. 

Economia 

De forma isolada, o investimento nos dois diferentes sistemas vale a pena. De um lado, o ERP ajuda todos os principais setores de uma empresa e elimina a necessidade de um sistema para cada área. Além disso, garante vantagem competitiva ao unir dados e criar cenários reais para que você entenda como sua empresa está no mercado e saiba seguir adiante. 

Já o Hub, promove a integração em diferentes canais sem gastar mais do que o valor estipulado no plano escolhido. Ou seja, permite uma fácil visualização de onde e como sua empresa atua. Além disso, você pode aumentar seus canais de venda para que ela esteja em todos os lugares para aumentar a possibilidade de vender mais

Atuando juntos, as chances de economia são maiores. Afinal, todo o funcionamento de seu e-commerce, bem como cada venda realizada, poderá ser controlado, sem a necessidade de tantas ferramentas. Dessa maneira, economiza-se tempo, evita-se erros que podem custar dinheiro e é mais fácil aplicar ações de expansão do negócio. 

Conexão completa 

O Hub se conecta a marketplaces, por isso, pode não se ligar a outros sistemas, como à rede de fornecedores de quem você faz compras ou as contas a pagar e receber. Porém, ao integrá-lo ao ERP é possível expandir essa ligação. Afinal, você passa a ter acesso não só aos dados do marketplace, mas às outras informações da empresa, que só um sistema de gerenciamento tem. Dessa forma, a tomada de decisões ou consultas podem ser facilitadas. 

Controle total 

A função principal do Hub de integração é ajudar na gestão dos diferentes canais de venda, auxiliando no controle de todas as etapas que ocorrem nos diferentes marketplaces e unindo todas as informações das vendas em um só lugar.

Já com o ERP você pode obter uma visão geral da empresa, bem como gerenciar todos os processos fundamentais para seu funcionamento, desde o acompanhamento das vendas até a previsão da loja para os próximos meses.

Sendo assim, usar os dois sistemas de forma paralela permite que você obtenha o controle total do negócio. Dessa forma, mesmo quem está iniciando pode conseguir um melhor posicionamento e visão sobre seu empreendimento. Afinal, esses sistemas são criados para facilitar o acesso às informações relevantes, em tempo real. 

Maior otimização 

A partir do controle de cada ação, você e sua equipe otimizam o trabalho. Isso porque os processos do dia a dia podem ser facilitados, como atualização do estoque e relatórios de vendas. Assim, sobra mais tempo e evita erros causados por falta de informações. 

Conclusão 

Se você começar a vender em marketplaces, pode achar interessante usar sistemas que facilitam o negócio, como ERP e Hub de integração. Porém, eles não são iguais e cada um pode ser usado com um objetivo específico. O ERP, por exemplo, é ideal para gerenciar.

Já o Hub tem foco na integração com marketplaces. Sendo assim, optar pelos dois poderá trazer muitas vantagens para o seu negócio. Afinal, é possível integrá-los e obter um controle maior em cada processo. Assim, garante-se a otimização nas tomadas de decisões.