Bem-vindo ao blog do Tiny

6 ferramentas de e-commerce para ajudar na gestão

6 ferramentas de e-commerce para ajudar na gestão

02.01.2020 por Laika em E-Commerce

Conheça 6 ferramentas de e-commerce que podem ajudar sua empresa a alcançar um posicionamento de destaque no mercado e boa vantagem competitiva.

Por que algumas ferramentas específicas são úteis para auxiliar a gestão de um e-commerce? Mesmo que o negócio esteja bem estruturado e com boas perspectivas de mercado, algumas ferramentas são essenciais para ajudar na melhoria dos processos.

A qualidade de uma gestão pode ser medida não só pela maneira como o negócio é conduzido, mas, fundamentalmente, pelo controle sobre as operações e processos — nesse sentido, muitas ferramentas foram desenvolvidas para oferecer resultados mais precisos.

Neste post, além de falarmos sobre a importância da gestão para uma loja virtual, vamos apresentar 6 principais ferramentas para você conhecer, além das funcionalidades diferenciadas que podem ser vantajosas para a sua empresa.

A importância da gestão para um e-commerce

Gestão é a capacidade de administrar, gerenciar, gerir e, no caso das empresas, fazer com que o negócio seja bem-sucedido e rentável. Para alcançar esses objetivos, muitas etapas devem ser cumpridas.

No meio desse processo, o gestor vai encontrar recursos — humanos e tecnológicos — que precisam ser utilizados com critérios e orientados na execução das atividades diárias. Tanto os profissionais, quanto as máquinas exigem foco e direcionamento para resultados.

Esse é a apenas um braço da gestão, pois, depois que os funcionários e os equipamentos estiverem alocados adequadamente, será a hora de mensurar os resultados através de métricas e indicadores e analisar se as estratégias estão dando certo.

Nesse cenário, salientamos que apenas ter um produto ou um serviço de qualidade não é garantia de que o negócio dará certo. É fundamental ter qualidade na gestão para entender as variações do mercado e estar preparado para mudar o curso do negócio no meio do caminho quando necessário.

A gestão é responsável por toda a empresa e particularidades departamentais, o que quer dizer que as mesmas diretrizes aplicadas à equipe de vendas, por exemplo, nem sempre serão eficazes nos departamentos de RH, financeiro ou marketing, mas precisam atuar de forma integrada e dependente.

Mas o que isso tem a ver com a aplicação de ferramentas? Algumas foram desenvolvidas para atuar de forma integrada e outras funcionam melhor quando utilizadas de forma individual.

As ferramentas são aliadas da gestão e servem para otimizar a rotina operacional, organizar as informações coletadas por meio dos dados, conhecer melhor o perfil e o comportamento do cliente. Além disso, o gestor precisa ter expertise sobre gerenciamento de negócios, a qual é importante adquirir antes de se tornar um empreendedor.

As 6 ferramentas para auxiliar a gestão do e-commerce

Conheça agora 6 ferramentas que funcionam como pilares para a gestão de um e-commerce. Com elas você pode obter melhores resultados e alcançar uma vantagem competitiva no mercado.

1. Google Analytics

A ferramenta deve ser consultada sempre que você quiser entender qual o desempenho de um produto no site ou da própria página de sua loja virtual, por exemplo.

A ferramenta tem o poder de identificar a taxa de exibição, a localização geográfica de quem acessar a página e até mesmo a forma como o visitante encontrou a sua empresa na internet — por um link em outros sites, pelo endereço direto ou realizando alguma busca por algo específico.

2. ERP

Um sistema ERP pode integrar os diversos departamentos de uma empresa e centralizar as informações para que o gestor tenha acesso seguro e mais rápido.

Imagine que, mesmo que fisicamente a equipe de vendas não esteja próxima do estoque, poderá consultá-lo a qualquer momento. Quando a loja virtual receber um pedido de venda, a equipe pode seguir com os processos de backoffice, com separação das mercadorias, emissão de notas fiscais e expedição.

Tudo isso é realizado em um sistema ERP, para que a rotina seja organizada e eficiente.

3. CRM

Como gerenciar as informações dos clientes? O CRM — Customer Relationship Management, que quer dizer Gestão de Relacionamento com o Cliente, é o responsável por alimentar e atualizar o cadastro do cliente, assim como acompanhar o processo de negociação, a fim de intensificar o relacionamento. Existem algumas opções de ERP que contam com um CRM já integrado. Pode ser uma boa opção para você otimizar os custos do seu negócio. O Tiny ERP é um sistema que conta com CRM.

4. Gateway de pagamento

Uma forma de converter mais vendas em sua loja virtual é disponibilizando múltiplos meios variados de pagamento, como cartão de crédito, boleto bancário ou débito em conta. O cliente precisa encontrar a forma de pagamento ideal para ele finalizar a compra.

Isso é possível com o uso de uma ferramenta como o gateway de pagamento, que gerencia todas as operações de pagamentos, inclusive integrando o sistema interno com as instituições bancárias e financeiras, além das operadoras de cartão de crédito. A aprovação dos pagamentos se torna mais fácil e organizada.

5. Automação de marketing

Ao utilizar a automação nas ações de marketing, você vai contar com ferramentas estratégicas para seu negócio. Com elas é possível conseguir leads qualificados e realizar a nutrição destes, criar landing pages para fornecer materiais ricos, programar postagens em mídias sociais, criar newsletters personalizados, entre outros.

Com a automação de marketing integrada a outras ferramentas, sua empresa só tem a ganhar. Será possível reduzir os custos com a aquisição de clientes, uma vez que o volume de leads pode aumentar se as ações de marketing forem eficientes em todo o funil.

6. Análise comportamental

Como o consumidor se comporta na internet e o que atrai sua atenção? Buscar respostas para os populares “o que”, “como”, “quando” e “onde”, e obtê-las com o uso de uma ferramenta específica de análise do comportamento, vai facilitar a formação de um perfil de cliente que seja o ideal para a sua empresa.

Para a coleta e interpretação de dados sobre desejos e necessidades dos consumidores, recorrer a uma estratégia de Web Analytics utilizando ferramentas como Big Data ou Business Intelligence possibilita gerar informações completas e compreender melhor um determinado público.

Muitos rastros são deixados diariamente pelos visitantes na internet e com uma ferramenta adequada é bem possível levantar dados para melhor direcionar as campanhas de marketing e atrair um número satisfatório para o seu negócio através de uma segmentação precisa e de alta performance.

Conclusão

Escolher entre tantas ferramentas de e-commerce requer o entendimento sobre os objetivos da sua empresa e os caminhos que ela deseja percorrer dentro do comércio virtual. Esta é uma etapa importante para ajudar a gestão a melhorar significativamente os resultados.

Se você gostou do conteúdo, que tal continuar explorando o assunto e aprender mais sobre estratégias de marketing? Saiba, por exemplo, sobre o funcionamento do e-mail marketing no e-commerce e como sua utilização pode gear bons resultados!