Bem-vindo ao blog do Tiny

Google Ads: como utilizá-lo a favor do seu negócio

Google Ads: como utilizá-lo a favor do seu negócio

24.02.2022 por Laika em E-Commerce

Amplie os seus resultados ao aprender como usar o Google Ads em suas campanhas de marketing.

Uma empresa precisa aparecer para o público certo, no momento certo. Felizmente, existe uma ferramenta bastante poderosa que ajuda nessa visibilidade: o Google Ads.

Ela é capaz de veicular anúncios na internet, sempre tendo como foco o seu público-alvo. Aliás, ela possibilita filtrar a sua audiência baseando-se em critérios específicos, o que permite alcançar exatamente quem tem interesse pelos serviços ou produtos que sua empresa oferece.

Agora, você precisa aprender como o Google Ads pode atrair clientes para o seu negócio para que você se destaque em relação aos seus concorrentes. Para isso, é necessário saber como a ferramenta funciona e traçar as suas estratégias.

O que é o Google Ads?

O Google Ads é a plataforma de publicidade do Google. Por meio dela, você pode criar anúncios da sua empresa e exibi-los não apenas nas páginas de resultados do buscador, como também em vários sites parceiros do Google.

Os anúncios veiculados pelo Google Ads são direcionados ao perfil de público que você estabelece como ideal, aparecendo para as pessoas certas e aumentando as chances de atração.

Com o Google Ads, você pode aumentar o número de visitas no seu e-commerce e até receber mais chamadas de clientes ao utilizar o botão “Clique para ligar”.

Formatos de anúncio do Google Ads

Um dos principais destaques do Google Ads é a grande variedade de formatos que oferece para você usar em sua publicidade. Conheça a seguir quais são os principais:

  • Rede de pesquisa: são aqueles anúncios que aparecem acima dos resultados do Google. Você pode ganhar uma posição de destaque para pesquisas relacionadas ao seu negócio e chamar a atenção do seu potencial cliente.
  • Shopping: anúncio de produtos de um e-commerce no topo das pesquisas do Google, com a ideia de atrair consumidores que fazem buscas específicas.
  • Rede de display: criação de banners publicitários que são exibidos em diversos portais espalhados pela internet. Os parceiros do Google veiculam os banners baseando-se nos seus critérios de segmentação.
  • Vídeo: veiculação de anúncios de 6 ou 15 segundos no YouTube, que aparecem antes ou durante outros vídeos disponíveis no canal.
  • Discovery: anúncios para receber mais cliques no seu site, através de grande apelo visual no YouTube, no Gmail, no Discovery e em outros produtos.
  • Smart: ligações de clientes ou visitas à loja com anúncios no Google, no Google Maps e na Web.
  • App: exibição de anúncios nas redes de pesquisa e Display, no Google Play, no Youtube e em outros aplicativos.

Conforme a alternativa escolhida, você pode incluir textos, imagens e até animações. Isso possibilita que você consiga alcançar diferentes perfis de público com uma comunicação atrativa.

Como pagar pelos anúncios no Google Ads?

O Google Ads tem diferentes modalidades de cobrança. Então, faz sentido que você escolha o método que melhor se encaixa nos seus objetivos.

Uma das maiores vantagens é que você define o orçamento antes mesmo de iniciar uma campanha no Google Ads, e esse limite nunca será excedido. Isso quer dizer que, se você investir R$ 100, o Google vai distribuir esse valor durante o período da campanha, informando qual será o resultado estimado.

Um exemplo:

Investimento de R$ 100 durante um mês. Sua campanha pode receber de 150 a 200 cliques. Quanto maior o orçamento, maiores serão as possibilidades de cliques, pois aparecerão mais vezes, para mais pessoas. Lembrando que alterações no valor ou duração da campanha podem ser feitas a qualquer momento.

A seguir, aprenda como os custos funcionam para auxiliar na hora de tomar a sua decisão:

  • Custo por Clique (CPC) – você somente paga se um usuário clica no seu anúncio. No exemplo acima, se receber 150 cliques, pagará R$ 0,66 por clique. Se receber 200 cliques, pagará R$ 0,50. Quanto mais cliques, menor será o custo por clique.
  • Custo por mil impressões (CPM): você investe o valor que deseja para que seu anúncio seja exibido 1000 vezes.
  • Custo por engajamento (CPE): o anunciante paga quando o usuário concluir uma ação predefinida, como assistir a um anúncio em vídeo.
  • Custo por Aquisição (CPA) – apenas paga se o usuário executar a ação que você estabeleceu como objetivo para o anúncio. Por exemplo, é o caso de se cadastrar em um serviço, comprar determinado produto, entre outros.

Como fazer uma campanha eficaz pelo Google Ads?

Saber o que é Google Ads e para que ele serve é um ótimo primeiro passo para a sua estratégia de marketing. Depois disso, chega o momento de tomar as decisões certas para obter resultados de qualidade ao trabalhar com essa ferramenta.

Conheça, a seguir, os 4 principais passos que você deve seguir para criar uma campanha eficaz usando o Google Ads.

1. Defina o objetivo central da sua campanha

A definição de objetivos deve ser o primeiro passo de qualquer iniciativa de marketing. Com o Google Ads, você só consegue começar a sua campanha ao estabelecer qual é a sua principal meta. Então, pense naquilo que você deseja realizar de mais importante com a sua marca.

Esse ponto também é importante porque ajuda você a definir qual é o melhor método de cobrança para os seus anúncios. Por exemplo, se você tem como objetivo aumentar as vendas de um curso, é recomendado trabalhar com um CPA condicionado a esse fim.

No Google Ads, os seguintes objetivos de campanha estão disponíveis:

  • Vendas: para gerar vendas online no aplicativo, por telefone ou na loja.
  • Leads: incentivar pessoas a realizarem ações para gerar leads e outras conversões.
  • Tráfego do site: fazer com que as pessoas certas acessem seu site.
  • Consideração de produto e marca: incentivar as pessoas a explorar seus produtos ou serviços.
  • Alcance e reconhecimento da marca: alcançar um público-alvo amplo e promover reconhecimento.
  • Promoção de app: gerar mais instalações, interações e pré-registros para seu app.
  • Visitas a lojas locais e promoções: impulsionar visitas a lojas locais, incluindo restaurantes e concessionárias.

Para cada uma delas, serão disponibilizados diferentes formatos de campanha, como Shopping, Vídeo e Rede de Display.

2. Estruture um público-alvo segmentado

Um dos diferenciais da publicidade digital é poder veicular anúncios para perfis específicos de pessoas. Você pode se basear em dados como idade, sexo, interesses e outras possibilidades para segmentar e anunciar para as pessoas certas.

Esse é outro aspecto que você precisa definir ao planejar a sua campanha de Google Ads. O sucesso dela dependerá das escolhas que você fizer nesse ponto, já que o conteúdo dos seus anúncios precisa chamar a atenção desse público.

3. Utilize as palavras-chave mais estratégicas

O Google Ads permite que você escolha palavras-chave para que sejam patrocinadas em seus anúncios. Isso significa uma grande oportunidade para alcançar as pessoas certas, no momento em que estão realizando determinada busca.

Por exemplo, pense em quem faz uma busca por lojas de artigos esportivos. Essa pessoa pode estar interessada em fazer uma compra, o que é bastante interessante para uma marca desse segmento. Então, vale muito a pena escolher palavras-chave relacionadas a ela no anúncio, como loja de artigos esportivos, prática de esportes, roupas para esportes, entre outras.

4. Atualize as suas campanhas continuamente

Mesmo depois de ativar a sua campanha no Google Ads, o seu trabalho acabou. Você precisa ficar de olho nos seus resultados e fazer ajustes conforme necessário.

Talvez você observe que determinado anúncio está gerando resultados melhores que os demais. Ou então que certa campanha precisa ser aprimorada. O Google Ads permite fazer essas atualizações, então aproveite e explore a ferramenta.

Como facilitar a criação de anúncios no Google Shopping com o Tiny ERP

Os anúncios no formato Google Shopping aparecem no topo das pesquisas do Google, para pessoas que estão procurando por esses produtos. Isso significa que têm grandes chances de fecharem negócio naquele momento.

Apesar de toda a conveniência oferecida pelo Google Ads, é possível otimizar ainda mais o seu trabalho. Ao usar o Tiny ERP, fica mais fácil criar as campanhas no Google Shopping para aumentar as vendas.

A ferramenta do Tiny para Google Shopping foi criada para que você otimize a criação de campanhas online, para que as suas chances de vender aumentem e façam sua empresa crescer.

Com a ferramenta de Google Shopping do Tiny, você consegue enviar os produtos para o Merchant Center e criar campanhas sem a necessidade de utilizar a plataforma do Google. O Tiny é uma das únicas soluções do mercado integrada com o Google Ads, que facilita o envio de produtos, controle de estoques que pausa anúncios sem itens disponíveis para envio e análise de resultados. Experimente.

Conclusão

O Google Ads é uma poderosa ferramenta de marketing. Com um vasto leque de formatos de publicidade, as empresas podem usar para impactar públicos específicos, que têm interesse em seus produtos ou serviços.

Todo esse potencial pode ser ampliado ainda mais com o uso de integrações. Uma delas é a do Tiny ERP, que facilita a criação das campanhas para que você possa anunciar em poucos passos, controlar os estoques, ganhar produtividade e aumentar o faturamento.