Bem-vindo ao blog do Tiny

Descubra como gerenciar um e-commerce em home office

Descubra como gerenciar um e-commerce em home office

24.09.2021 por Laika em E-Commerce

O home office se tornou uma realidade para muita gente. E como lidar com o trabalho no e-commerce? Aqui estão algumas dicas.

A adoção do home office promove uma série de vantagens, dentre elas, a flexibilidade. Em meio à pandemia da COVID-19, também resguarda a saúde dos empreendedores e times de trabalho. Apesar dos desafios, é possível implementar este modelo também nos e-commerces e colher bons frutos.

Porém, é importante observar que alguns processos não podem ser deixados de lado. A comunicação e o monitoramento de métricas, por exemplo, são aspectos essenciais e que não devem ser esquecidos. É importante, então, compreender e adotar as melhores práticas no trabalho.

Neste artigo, explicaremos como gerenciar um e-commerce em home office, e ainda, como criar rotinas para que sejam colocadas em prática no dia a dia. Boa leitura.

Gerencie seu tempo

Para gerenciar um e-commerce, um dos recursos mais valiosos é o tempo. Ao aproveitá-lo bem, você conseguirá realizar as tarefas diárias com mais calma e assertividade. Todavia, caso o tempo seja mal aproveitado, o expediente em home office pode não render conforme o esperado.

Para gerenciar seu tempo, uma boa ferramenta é a Matriz de Eisenhower, que divide as tarefas diárias de acordo com dois fatores: importância e urgência. A ideia é manter o foco nas tarefas importantes e gerenciá-las para que não se tornem urgentes no expediente.

Veja como funciona a Matriz de Eisenhower:

Outra possibilidade é contar com técnicas de controle da produtividade diária, como a Pomodoro. Nele, o trabalho diário é dividido em ciclos de concentração total e descanso, de modo que consiga distribuir adequadamente seu tempo entre trabalho e relaxamento.

Estabeleça canais de comunicação

Em home office, outro ponto essencial é a comunicação. Quando não há diálogo (seja com funcionários, fornecedores ou clientes finais) o número total de erros e problemas ao longo do expediente tende a crescer, o que prejudica os números do e-commerce.

Para otimizar sua comunicação, invista na adoção de canais de comunicação adequados à nova realidade. Existem muitos, como aplicativos mobile e redes sociais corporativas, que auxiliam neste processo. Assim, agregará mais fluidez às mensagens trocadas.

Ao escolher os melhores canais de comunicação, pense em duas coisas: o público com o qual deseja melhorar sua comunicação (se interno, externo ou ambos) e o tamanho da sua equipe de trabalho.

Tenha metas claras para o trabalho

Ao migrar do presencial para o home office, alguns processos devem ser revisados. Em alguns momentos, o empreendedor e o time de trabalho podem perder de vista certos objetivos, o que coloca em xeque o alinhamento ao longo do expediente. Por isso, é necessário definir metas claras.

Boas metas compartilham do padrão SMART, ou seja, elas são específicas, mensuráveis, alcançáveis, relevantes para o sucesso e tem um prazo para serem cumpridas. São metas que desafiam os colaboradores e deixam claro o que deve ser feito.

Você também pode criar suas metas por meio de OKRs (objectives and key results – objetivos e resultados chave). Nesse caso, é necessário definir um objetivo inspirador e, em seguida, fragmentá-lo em resultados menores e mais fáceis, o que facilita a divisão e compreensão do trabalho.

Livre-se dos hábitos prejudiciais

Um dos maiores problemas em gerenciar o e-commerce em home office é a persistência de hábitos prejudiciais ao trabalho que precisa ser entregue. Por exemplo, procrastinar e não definir horários de trabalho.

É preciso identificar e se livrar dos maus hábitos, além de reforçar ações que favoreçam sua rotina de trabalho em domicílio. A questão é: como fazer isso?

Primeiro, seja claro quanto ao hábito que quer eliminar. Depois, crie mecanismos para que esse comportamento seja inibido. Defina, igualmente, recompensas para hábitos saudáveis e desejados. Por fim, monitore o progresso feito ao longo do tempo.

Existem vários aplicativos mobile que podem ajudar, como o Loop – Acompanhador de Hábitos. A leitura de bons livros, como o “Hábitos atômicos: um método fácil e comprovado de criar bons hábitos e se livrar dos maus” ou “O poder do hábito” também pode ser de grande ajuda.

Monitore os dados do e-commerce com um ERP

Para ter sucesso no home office, é importante monitorar os dados do e-commerce e utilizá-los para otimizar as decisões diárias. Esses dados podem estar ligados a várias coisas, como ao controle de estoque ou à gestão financeira do negócio.

Na prática, o trabalho com dados depende de três principais coisas: a coleta, a organização e análise cuidadosa dos dados, tendo em vista a identificação de oportunidades, ameaças, padrões ou fatores causas de problemas.

Para lidar com dados, o melhor é contar com a ajuda de um sistema ERP. Ele facilita cada etapa do trabalho e até automatiza a geração de relatórios completos. Assim, mesmo em home office, fica mais fácil decidir com assertividade.

O ERP tem como função centralizar o backoffice da loja virtual, profissionalizando o negócio.

Ao adotar um sistema ERP, considere três coisas:

  1. se o ERP escolhido abrange as necessidades do seu negócio;
  2. a reputação do ERP;
  3. a relação custo-benefício do sistema.

Um bom exemplo de sistema gerencial é o Tiny ERP, desenvolvido para empreendedores que querem vender online, construir rotinas gerenciais e monitorar pontualmente seus resultados, mesmo em home office. Por ser 100% online, não exige nenhum tipo de instalação, basta utilizar no seu navegador preferido. Se faz sentido para o seu negócio, experimente 30 dias grátis.

Conclusão

O home office promove uma série de vantagens, como mais flexibilidade e aumento de produtividade. Todavia, se mal utilizado, pode afetar os resultados do e-commerce e inibir as rotinas de trabalho. Por esse motivo, é importante adotar boas práticas gerenciais.

Entre as melhores práticas, é possível destacar a gestão do tempo, a adoção de melhores canais de comunicação, a definição de metas claras, a eliminação dos hábitos prejudiciais ao trabalho e a utilização de dados do negócio, além da adoção de tecnologias gerenciais, como o Tiny ERP. Assim, seus resultados serão satisfatórios.