Bem-vindo ao blog do Tiny

A transformação digital do varejo e a sua importância

A transformação digital do varejo e a sua importância

10.12.2020 por Laika em Emprendedorismo

O varejo está passando por uma transformação digital, e o seu negócio precisa se adaptar a esta nova realidade. Veja algumas dicas de como fazer.

A transformação digital já representa um fator de sobrevivência para muitos negócios. Diversos empreendimentos têm buscado ações inovadoras para aumentar as vendas e conquistar seu lugar no mercado.

Com a crescente exigência dos consumidores, o varejo tem se deparado cada vez mais com o desafio de atender às inúmeras demandas dos clientes. O processo não consiste apenas em aderir a novas tecnologias e ferramentas, mas, sim, em mudar a cultura organizacional e o formato de atendimento dos colaboradores da empresa.

Acompanhe a seguir e entenda a importância da transformação digital no varejo e como as organizações podem se adequar para atender ao novo perfil de consumidor. Boa leitura!

Qual a importância da transformação digital para as marcas de varejo?

A transformação digital é um processo em que as empresas utilizam a tecnologia para melhorar o desempenho e estruturar a organização por meio de recursos e ferramentas. A tecnologia, assim, passa a ter um papel estratégico nos negócios, permitindo uma estrutura de gestão automatizado e integrado às necessidades do mercado consumidor. 

Mudanças para empresas e consumidores

De acordo com Szasz, com a pandemia do novo coronavírus, os hábitos e o comportamento do público têm passado por mudanças significativas. Basicamente, as pessoas começaram a comprar e a interagir mais com as marcas por meio da internet, devido às restrições de mobilidade e necessidade do distanciamento social. Isso tem gerado impactos nas organizações, que devem se adequar para atender às novas necessidades de consumo.

A transformação digital e suas tecnologias têm disponibilizado meios eficazes para viabilizar o processo de compra e venda. A relação do negócio com o cliente tem sido mais interativa, inclusive pela facilidade de encontrar produtos, serviços e, também, de fazer pesquisas e comparações de preços.

O bom atendimento é essencial

No virtual, oferecer um bom atendimento e ter abordagens personalizadas é fundamental para a captação e a satisfação dos clientes. Por isso, é importante que as empresas priorizem ações que gerem resultados positivos na experiência do consumidor.

Com isso, os gestores devem adequar o modelo de negócio para ampliar as possibilidades no ambiente digital. Dessa forma, será possível aproveitar as vantagens dessa transformação, permitindo o aumento do alcance nas redes, novas possibilidades de contato com o consumidor e a atração de novos públicos.

Como se adaptar ao novo perfil de consumidor?

Mesmo que a empresa tenha iniciado antes do surgimento da internet, é fundamental se adaptar à transformação digital para que a marca seja reconhecida e vista. Todos os segmentos são impactados com as mudanças, por isso, é preciso se adequar desde o processo de trabalho até a entrega e a comunicação com os clientes.

Também é essencial investir em informação e no treinamento da equipe para que os colaboradores sejam mais produtivos e tenham novas ideias de melhorias. Além disso, a experiência virtual deve ser aperfeiçoada para que o site ou a loja ofereçam as melhores experiências para os clientes.

Mais do que nunca, é imprescindível se conectar às demandas dos novos consumidores para que a relação entre o negócio e o cliente gere mais valor. O público pode, assim, avaliar positivamente a empresa e se tornar um parceiro da marca no mercado. 

Veja a seguir ferramentas que oferecem vantagens interessantes para os donos de e-commerces e lojas digitais.

Plataformas e marketplaces

As plataformas de e-commerce e os marketplaces têm conquistado cada vez mais a confiança de lojistas, que buscam novas formas de alcançar consumidores em diferentes locais do Brasil e do mundo.

O uso de uma plataforma faz com que a criação de uma loja virtual própria seja mais simples, muitas vezes sem necessidade de contratar um desenvolvedor. As empresas fornecem layouts prontos, que podem ser personalizados conforme a marca da empresa.

Os marketplaces, por exemplo, reúnem diversas lojas e são conhecidos como shoppings virtuais. Eles oferecem mais economia com publicidade e maior visibilidade dos produtos, visto que são anunciados em espaços de grandes empresas, como Magazine Luiza e Americanas.

Uso de mídias sociais

Digitalizar a comunicação também é importante para os negócios. Em muitos casos, os consumidores buscam informações de produtos através das mídias sociais, e só depois finalizam a compra. Eles querem uma comunicação rápida, fácil e humana com as marcas a fim de ter uma boa experiência. 

As mídias sociais oferecem inúmeras possibilidades aos lojistas, e explorar diferentes frentes pode ser uma boa estratégia de vendas para o negócio. Estar nas redes sociais de forma efetiva faz parte da digitalização.

Além de página no Facebook, diversificar as redes para alcançar diferentes públicos se tornou uma necessidade. Por isso, as marcas ampliaram o seu posicionamento no Instagram, e mais recentemente, no TikTok. A digitalização também leva as empresas a anunciarem nessas redes, buscando impulsionar as vendas.

Sistema ERP

Contar com um sistema de gestão ERP pode auxiliar os gestores a iniciarem sua transformação digital. Por meio dessa ferramenta, é possível integrar uma plataforma de e-commerce e diversos marketplaces a fim de organizar a criação de anúncios e centralizar o recebimento dos pedidos. Além disso, ela organiza todos os processos da empresa de maneira eficaz, como a emissão de notas fiscais, controle de estoques e gestão financeira. 

Chatbots

Os chatbots são assistentes conversacionais que funcionam dentro da loja virtual das empresas. A ferramenta mantém o site mais interativo e completo para os consumidores, que podem tirar dúvidas com o chatbot a qualquer momento da jornada de compra.

Além de dúvidas, o chatbot pode funcionar indicando produtos, divulgando promoções, rastreando pedidos e, até mesmo, ajudando os clientes com o cadastro no site. O recurso é indicado para resolução de dúvidas rápidas e para a melhora da experiência dos usuários na loja virtual, garantindo um atendimento a qualquer hora do dia.

Inteligência artificial

A inteligência artificial aplicada a vendas tem um papel fundamental na gestão do relacionamento com o cliente. A tecnologia disponibiliza atendimento ininterrupto, preciso e personalizado, evitando que a loja virtual perca oportunidades.

Além disso, a inteligência artificial é capaz de direcionar as campanhas de marketing mais relevantes para os visitantes que visitam o marketplace. Ao facilitar esse processo, o consumidor também tem uma melhor experiência de compra. Basicamente, a tecnologia é utilizada por varejistas que desejam fornecer serviços mais eficientes e ágeis para o público.

Realidade virtual

A realidade virtual disponibiliza um ambiente 3D com efeitos visuais e sonoros que criam um ambiente simulado para os usuários. Considerando a plataforma de e-commerce, a realidade virtual permite que o cliente interaja com os produtos de maneira mais próxima, melhorando a experiência como um todo.

A ferramenta pode ser incorporada à loja virtual para deixar os consumidores mais propensos a finalizar a compra. Sendo assim, a tecnologia pode ser usada de inúmeras maneiras, principalmente para transformar a forma como o público interage com a marca e os produtos.

Conclusão

A transformação digital chegou para ficar e, em conjunto com ela, o mercado vem evoluindo e oferecendo cada vez mais inovação. Os negócios que desejam se manter competitivos devem se adequar às novas exigências dos consumidores, principalmente para alcançar melhores resultados em seu segmento de atuação.

O momento de pandemia tem sido considerado um período de inúmeras oportunidades de crescimento. Os gestores devem aproveitar o impulso do e-commerce para captar e atrair clientes, oferecendo uma experiência ainda mais significativa na jornada de compra.