Bem vindo ao blog do Tiny

Como escolher o melhor sistema ERP para varejo

Como escolher o melhor sistema ERP para varejo

07.11.2019 por Laika em ERP

Entenda quais são os critérios que devem ser avaliados na hora de escolher o sistema ERP adequado para o seu varejo.

O sistema ERP é uma ferramenta importante para empresas dos mais variados segmentos, pois proporciona organização, centralização das informações e controle. Ainda pode reduzir os custos da empresa e estimula um crescimento consolidado.

Diversas são as vantagens de um sistema ERP, dentre elas o melhor fluxo das atividades de todos os setores, praticidade na relação com os clientes, fornecedores e funcionários e dados centralizados para melhor gestão.

Com a grande variedade de opções no mercado, uma das maiores dúvidas é saber qual o melhor sistema vai atender de forma completa a empresa. Confira por que o sistema ERP é tão importante para o comércio varejista e como escolher um ideal para o seu negócio.

Como funciona o sistema ERP no varejo? 

O comércio varejista está entre os mais ativos da economia brasileira, com grande fluxo e geração de empregos. Tais fatores exigem dos empreendedores boas ferramentas de gestão e organização para aprimorar os processos em busca da excelência e da notoriedade mercadológica.

Um sistema ERP funciona basicamente como centralizador de informações e facilitador da rotina e representa o detalhamento de todo o fluxo operacional e comercial da empresa.

Nada melhor para um negócio do que contar com uma solução inteligente que padroniza os processos e procedimentos, possibilitando acesso rápido a informações que envolvem o atendimento ao cliente e o fluxo de pedidos ou vendas.

Quero experimentar o Tiny ERP

Qual a importância de um sistema ERP?

O avanço tecnológico promoveu mudanças em diversos setores e não seria diferente no varejo. Por isso, percebemos uma evolução crescente e a necessidade de implementar um sistema ERP para o varejo que possibilite melhores resultados.

Sem um bom sistema, as operações manuais são trabalhosas e apresentam maior risco de erros. Os profissionais que precisam se dedicar às atividades da empresa perdem tempo executando tarefas que poderiam ser facilmente realizadas por um sistema ERP.

O varejo é dinâmico e competitivo. Todos os dias, surgem novidades em produtos e serviços, o que obriga os varejistas a pensarem em estratégias e alternativas diferenciadas para atrair olhares e efetivar as vendas.

Um sistema ERP voltado exclusivamente para o varejo é uma opção para quem tem visão de futuro e não deseja ficar parado à espera de oportunidades. Imagine que muitas práticas estarão concentradas em um só ambiente, e as informações, disponíveis para acesso e consulta de forma bastante simplificada, possibilitando:

Esse é um ganho em eficiência que demonstra a importância de um sistema ERP.

Como escolher o melhor sistema ERP para a empresa?

Existem muitas opções no mercado, mas nem todos cumprirão o seu papel em totalidade. É preciso ter cuidado na hora de fazer essa escolha, pois, uma vez adotado um sistema e migradas as informações da sua empresa, será difícil recuar sem que isso gere um processo trabalhoso.

Ao contratar um sistema ERP, todos os dados da sua empresa serão transferidos para a nova plataforma. É fundamental ter a certeza de que todas as expectativas serão atendidas. Para isso, tome nota de alguns aspectos importantes que você deve observar para tomar a decisão.

Fique atento às funcionalidades

Ao decidir que é chegada a hora de utilizar um sistema ERP na sua empresa, faça um levantamento de todas as funcionalidades que você julgar necessárias para um bom fluxo de gerenciamento, como o controle de estoques e finanças, gerenciamento de comissões e PDV.

Dessa forma, a procura no mercado será mais fácil. Há um filtro natural entre o que você procura para suprir as deficiências do seu negócio e o que os fornecedores têm a oferecer em termos de funcionalidades.

Conheça as necessidades do negócio

Melhorias são muito bem-vindas, mas é preciso saber, na íntegra, o que deve ser mudado. Conhecer o negócio é essencial para detectar os pontos críticos e o que precisa de ajustes para tornar a empresa mais eficiente.

O mercado dita as regras e é possível sentir, ao longo do tempo ou depois de um período de observação sobre as preferências dos consumidores, onde se aplicam as necessidades de sistematização dos processos.

Avalie o suporte

Embora os sistemas sejam apresentados como soluções capazes de resolver os problemas da empresa, é normal acontecer dificuldades na hora de utilizar o sistema ou até mesmo falhas.

Quando estas situações ocorrerem, é o momento de acionar o suporte da empresa para que o problema seja resolvido e avaliar se este foi realizado de forma eficiente ou não. É importante analisar o suporte da empresa para que você saiba como será o atendimento no momento de uma necessidade.

Comunicação entre as funcionalidades

O ideal é que toda a empresa trabalhe de forma integrada e que as diversas áreas se comuniquem. As ações do time de vendas impactam diretamente os times de compras, finanças e logística, por exemplo.

Um sistema integrado vai permitir que uma venda efetuada seja visualizada rapidamente por todos os setores envolvidos, como separação do pedido, emissão da nota fiscal, recebimento do pagamento e envio da encomenda, tornando todos os processos otimizados.

Peça indicações e procure referências

As interações na internet não são apenas entre pessoas que gostam das redes sociais. Existem milhares de consumidores, físicos ou jurídicos, que deixam suas impressões registradas sobre um produto ou um serviço.

Pesquise outras empresas que utilizam o sistema ERP em que você estiver interessado e não tenha vergonha em pedir informações ou referências. A opinião de quem já utiliza o sistema pode ter total relevância e peso na sua decisão.

Avalie o custo-benefício

Não escolha o mais caro ou o mais barato, mas sim o sistema ERP que atenderá às necessidades da sua empresa com perspectivas de bons resultados e retorno financeiro.

O custo-benefício deve se aplicar na relação entre a qualidade, a eficiência, os resultados e o atendimento. Esse pacote de vantagens é o que mensura e justifica um preço na hora de fechar o negócio.

A decisão na hora de escolher o sistema ERP para ser utilizado na empresa passa por diversas avaliações, e é preciso estar atento a todas elas. Não deixe de analisar as funcionalidades, o suporte oferecido e ainda converse com pessoas que utilizam ou já utilizaram o sistema.

Desenhe onde seu negócio deve chegar e assim terá maior facilidade na hora da escolha.