“Ser organizada e planejada vale a pena”

Camila Lemos, Fundadora da Proa

Narração por Flávia Costa, da Tiny

“Como empreendedora, percebi que precisamos ir caminhando e agindo, porque até agora os desafios não acabaram”

A Proa surgiu em 2017 a partir do desejo da jornalista Camila Lemos em atuar em uma área criativa e que trouxesse mais frescor para o calor do Nordeste.  Focada em moda autoral, com roupas leves ideais para dias quentes e com estampas criadas à mão pela Camila, a Proa envia suas peças para todo o Brasil.


“Minha meta para 2020 era trocar o site e automatizar os processos. A ideia era ter um ano de estruturação e otimização para poder crescer. No início da pandemia, ficamos aflitas porque a gente não sabia o que esperar e havia poucas informações sobre o que era seguro na época. Chegamos a fechar o site e parar todos os envios, diminuindo o ritmo da empresa. Como eu tinha uma reserva financeira, consegui parar nesse momento para pensar sobre como seguir com a produção e enviar os pedidos com segurança. 

Aproveitamos este tempo sem vendas para confeccionar máscaras para doação a fim de proteger quem estava precisando. Dessa forma, conseguimos ajudar e ainda mantivemos as costureiras trabalhando enquanto reestruturava o planejamento. Nesse mesmo período, desenvolvemos um cartão com vantagens para quem é fã da Proa. As pessoas podiam comprar um crédito com desconto para este cartão e utilizar o saldo durante o ano todo no site. Foi uma forma que encontramos para termos um fluxo de caixa enquanto a gente lidava com as mudanças e redefinia a grade de lançamentos futuros.

Um dos períodos mais delicados foi relacionado ao Dia das Mães. Tínhamos uma coleção grande, mas não havia um clima legal para lançamento. Foi uma decisão muito difícil, em que busquei resgatar o motivo da coleção ter sido criada e uma forma de passar isso com transparência, para que pudesse manter a comunicação e o relacionamento com o público dentro dos valores da marca, que não fosse somente venda por venda. Então, compartilhando isso com nossa comunidade, acabamos optando por lançar e a coleção foi muito bem aceita. Outra situação que nos aconteceu foi a escassez de matéria-prima para produzir. Como empreendedora, percebi que precisamos ir caminhando e agindo, porque até agora os desafios não acabaram.

Apesar da pandemia, tudo que estava planejado nós conseguimos concretizar fazendo adaptações conforme o cenário. A surpresa foi que a marca cresceu nesse período, pois muitas pessoas compraram as roupas da Proa para se sentirem confortáveis no home office, tendo mais energia para trabalhar. Como um abraço mesmo. O maior aprendizado desse ano é que ser organizada e planejada vale a pena, mesmo quando se é apaixonada pelo que faz e cria com emoção e intuição. Não podemos controlar tudo, e tem várias situações que vamos precisar ter resiliência e criatividade para lidar com os problemas no dia a dia. Nós não criamos roupas. Criamos arte para vestir e sentir. Sou grata por ter escolhido um negócio pelo qual sou apaixonada e por ter evoluído nesta jornada. Neste ano, pude refletir e ver que estou onde eu deveria estar, com uma comunidade de clientes incríveis.”



Camila Lemos, Fundadora da Proa


quando transformar é preciso

Buscamos histórias inspiradoras que nos fazem acreditar em um mundo melhor.

Obrigado por acreditar que, mesmo com todos os desafios, é possível transformar.

“Se você realmente acredita, uma hora o jogo vira”

Thiago Falchetti Dos Santos, da Fotolux

ler história

“Superar o ano de 2020 nos trouxe fortalecimento”

Gustavo Lopes Camargo, da Empório do Celular

ler história

“É gratificante perceber a evolução em meio ao caos”

Priscila Cortez, da Maria Tangerina

ler história

“Tentamos fazer o nosso melhor e os resultados deste esforço nos impulsionam e motivam”