Bem-vindo ao blog do Tiny

Como enviar encomendas pelos Correios

Como enviar encomendas pelos Correios

07.02.2019 por Daniela Borsoi em E-Commerce

Veja a forma correta de enviar encomendas pelos Correios para que elas cheguem até o destinatário sem problemas. São dicas para o sucesso das entregas.

Enviar encomendas aos clientes utilizando o serviço dos Correios necessita de um conjunto de informações que identificam os objetos e os conduzem desde a postagem até o momento da entrega. E como mandar por Correio os pedidos é uma das principais dúvidas de quem vende produtos no e-commerce.

O endereçamento e a utilização correta de etiquetas de postagem têm grande impacto no prazo das entregas, visto que informações incorretas não permitem ao carteiro encontrar o destinatário.

O Tiny ERP permite que sejam impressas as etiquetas de envio dos Correios, para que o envio das mercadorias aos clientes se torne mais rápido e fácil. Ela segue o padrão exigido pela empresa, então você não terá problemas na hora do envio.

O centro de distribuição dos Correios é automatizado, então as encomendas passam por uma triagem e são separadas conforme a localidade da entrega.

Dicas para enviar encomendas pelos Correios

1. Mantenha um padrão

Recomenda-se que, para enviar encomendas pelos Correios, sejam utilizados os formatos padrão de endereçamento e de rótulos que contenham código de barras para facilitar a identificação e as informações adicionais.

No próprio painel dos Correios, há ferramentas que permitem a geração de rótulos para endereçamento que estão de acordo com o padrão recomendado. Escolha a que for mais conveniente:

  • Endereçador Web

Gera e imprime rótulos de endereçamento, avisos de recebimento e outros formulários. Ideal para pessoas que não têm uma alta frequência de postagem.

  • Endereçador Escritório

Gera lotes de etiquetas e é recomendado para pessoas que têm frequência alta de envios. É possível salvar dados de destinatário que envia encomendas para que possam ser utilizados novamente.

  • Aplicativo SIGEP WEB

Aplicativo para quem possui contrato com os Correios. Gera lotes de etiquetas e também permite o gerenciamento da pré-postagem, a fim de solicitar códigos de rastreamento e montar listas de postagem. O aplicativo é muito utilizado por empresas de e-commerce e pode ser configurado no Tiny. Veja como fazer a configuração no vídeo abaixo:

  • Correios Web Services

Para empresas que possuem grande volume de encomendas, visto que poderá realizar o gerenciamento das mesmas. Além dos serviços básicos, ainda conta com automatização dos processos na pré-postagem, acompanhamento da encomenda e pós-venda.

2. Endereço de entrega

São as informações que indicam onde o objeto deve ser entregue. Ao enviar encomendas pelos Correios, é preciso conter as seguintes informações:

  • Destinatário ou remetente

Identificação de quem enviou e de quem vai receber a encomenda. Para pessoa física deve-se preencher o nome completo e para jurídica, o nome fantasia da empresa. Esta informação deve estar logo abaixo da palavra destinatário ou remetente.

  • Tipo do logradouro + Nome do Logradouro + Número.

Informa de forma específica onde o objeto deve ser entregue. Temos como exemplo de tipo de logradouro a rua, avenida, setor, vila, estação, e outros. O Logradouro o nome oficial do local. No exemplo, “Avenida” é o tipo e “das Orquídeas” é o nome. O número identifica a qual imóvel será entregue a encomenda.

  • Complemento (se houver) + Bairro

Alguns endereços precisam de complemento, como o número do apartamento, da sala, ou demais informações relevantes. O bairro é a divisão geográfica das cidades.

  • CEP + Nome da Localidade + Sigla da Unidade da Federação

O CEP é um código de 8 dígitos que identifica as localidades, o que agiliza o encaminhamento. Não coloque a sigla CEP na frente do número, não insira pontos entre os números e nem sublinhe. O nome da localidade se refere a cidade ou município e a sigla da unidade federativa corresponde ao estado correspondente.

Exemplo:

Remetente
Empresa ABCD
Avenida das Orquídeas, 45
Setor 4, Botafogo
00000-000, São Paulo/SP

Destinatário
José da Silva
Rua das Flores, 37
Apartamento 203, Centro
00000-000, Porto Alegre/RS

3. Código de barras e informações adicionais

Além de informações corretas no endereçamento, é recomendada a utilização de elementos visuais para que a identificação dos objetos seja facilitada:

  • Código Data Matrix

Código que contém as informações relacionadas às encomendas, a fim de automatizar alguns dos processos de entrega.  

  • Símbolo de encaminhamento

Símbolos que representam os serviços de envio. Identificam de forma visual como a encomenda será enviada.

  • Informações da encomenda e do contratante

As informações também precisam aparecer de forma textual, como número do contrato com os Correios, número da nota fiscal, número do pedido, peso e quantidade de volumes.

  • Código de rastreamento

O número de rastreamento é o código que identifica as encomendas. Com ele, o cliente e a empresa sabem em qual lugar do caminho de entrega se encontra a mercadoria. É composto de 13 dígitos, sendo 2 letras para identificar o serviço + 9 números + Sigla do país de origem. Exemplo: SL123456789BR.

  • Siglas dos serviços adicionais contratados

Os rótulos de endereçamento devem conter as siglas dos serviços contratados, sendo elas AR (Aviso de Recebimento), MP (Mão Própria), DD (Devolução de Documentos) e VD (Valor Declarado).

  • Formulário para registro dos dados do recebedor

Os Correios recomendam que as etiquetas tenham campos para identificação do recebedor, que deve preencher no momento da entrega. São eles: Recebedor, assinatura e documento.

  • Endereços do destinatário e do remetente 

Tenha um cuidado a mais com os endereços. Eles precisam estar corretos para que não hajam problemas na hora da entrega. Se por algum motivo você não colocar o número apartamento do cliente, por exemplo, a mercadoria volta para sua empresa e você precisará reenviar, com o endereço correto.

  • CEP do destinatário em código de barras

Permite que a encomenda seja encaminhada de forma automática.

4. Modelos de rótulo

Recomenda-se utilizar os padrões dos Correios para o rótulo nas encomendas. Independente do modelo utilizado, ele deve ser colocado em um canto, na área com maior dimensão da caixa e no sentido da maior face. Evite colocar a etiqueta no centro da embalagem.

  • Endereçamento manuscrito

Etiquetas recomendadas para pessoas físicas. São autocolantes e contém todos os campos que devem ser preenchidos para que a entrega seja realizada.

  • Endereçamento automatizado

Recomenda-se a utilização dos padrões dos Correios, e a resolução das etiquetas deve ser de, no mínimo, 300dpi, sem utilizar economia de tonner ou rascunho, a fim de manter a qualidade e evitar problemas de leitura. Caso imprimir em folha comum não colante e utilizar fita adesiva, não cole por cima do código de barras ou do código data matrix, pois pode comprometer a leitura das informações.

5. Embalagem e acondicionamento

Assim como o endereçamento correto, é importante enviar os produtos de forma adequada, para evitar avarias durante o transporte.

Quanto a embalagem, você pode optar por uma caixa padrão na cor pardo, ou até criar uma caixa personalizada de acordo com a sua marca. O importante é que a personalização não atrapalhe a visualização do endereço de entrega, pois prejudica o trabalho do carteiro.

Além disso, é preciso ficar atento ao tamanho máximo das embalagens.

Caixa

Caixa nos Correios

Envelope

Envelope nos Correios

Rolos e cilindros

Rolos e cilindros nos Correios

As embalagens devem ser resistentes e o conteúdo precisa estar devidamente acomodado, para que haja segurança durante o envio.

Você pode utilizar alguns materiais que auxiliam na acomodação das mercadorias, como:

  • plástico bolha;
  • papelão;
  • papel pardo;
  • isopor.

Estes são apenas alguns exemplos. Você pode escolher o material que é ideal para o tipo de produto vendido, pois depende da fragilidade do conteúdo. Se você vende objetos de vidro, o cuidado é maior do que ao vender roupas.

Uma dica importante é ficar de olho no feedback dos clientes. Muitas pessoas retornam elogiando o recebimento da encomenda, e também existem as críticas. Caso aconteça, utilize a ser favor e melhore a embalagem dos produtos para os próximos envios.

Impressão de etiquetas no Tiny ERP

O processo de envio de encomendas pode ser mais simples se sua empresa utilizar um sistema que gere as etiquetas de envio, como o Tiny ERP.

Após criar uma conta no Tiny, poderá realizar a integração com os Correios e otimizar os processos. Desta forma o envio de encomendas se torna mais simples, e o processo otimizado faz com que os produtos cheguem mais rápido nas mãos dos clientes.

Tela do Módulo de Expedição do Tiny ERP
Módulo de Expedição do Tiny ERP

O módulo de expedição permite o gerenciamento dos pedidos que serão enviados, sendo eles por transportadora ou Correios. Cada expedição pode conter um grupo de pedidos, a fim de formar a PLP.

A integração permite diversas funcionalidades, como:

  • cotação de fretes e prazos;
  • tipos de embalagem;
  • geração de PLP;
  • impressão da etiqueta de envio;
  • código de rastreamento.

Para imprimir as etiquetas de envio, basta gerar uma expedição escolhendo os Correios como forma de envio. Ao concluir a PLP, são exibidos os dados da postagem e os objetos presentes na lista. Com a PLP finalizada, poderá imprimir a mesma e as etiquetas de envio.

Agora é só seguir as dicas deste post e enviar encomendas pelos Correio da forma mais correta. Utilize o Tiny ERP para facilitar o processo de impressão das etiquetas e da PLP, assim você terá mais tempo para cuidar da embalagem dos produtos.

Quando um cliente recebe uma encomenda em sua casa, quer que os produtos cheguem corretamente e claro, sem avarias. Aproveite este momento para surpreender e conquistar.

Boas vendas!